Kristen Stewart esteve na premiere de Love Lies Bleeding no Sundance Film Festival no último dia 20. Ao lado de seus colegas de elenco e da diretora Rose Glass, Kristen participou de uma sessão de perguntas e respostas após a exibição do filme. Confira:

EVENTOS > PREMIERES > PREMIERES 2024 > (19/01) PREMIERE DE LOVE LIES BLEEDING NO SUNDANCE FILM FESTIVAL

Kristen Stewart enfrenta um vaso sanitário entupido nos minutos iniciais do bombástico Love Lies Bleeding. Quando ela tenta dar descarga, a perspectiva muda para um close do conteúdo corporal dentro do vaso, uma cena que provoca uma onda de suspiros e gemidos por toda a multidão no Eccles Theatre em Park City, Utah. É apenas a primeira de muitas reações viscerais de aprovação durante a estreia da história de amor, sexo, violência, obsessão e músculos da diretora Rose Glass.

O suspense segue Lou, interpretada por Stewart, uma funcionária solitária de uma academia que mora em uma pequena cidade do Novo México e que encontra um novo romance com a nômade Jackie (interpretada pela magnética Katy O’Brian), uma fisiculturista bissexual com grandes sonhos para uma competição iminente. As duas se apaixonam de maneira rápida e intensa. Mas complicações surgem quando Jackie se envolve na família de Lou, incluindo o excêntrico pai contrabandista de armas (Ed Harris), a amada irmã (Jena Malone) e o cunhado abusivo (Dave Franco).

Exibido na sessão Meia-Noite no Sundance Film Festival de 2024, o filme não tem medo de desviar para o brutal e o surreal — muitos dos quais parecem melhor não serem ditos, mas fizeram o público noturno de Eccles se contorcer, ofegar e aplaudir.

Durante as perguntas e respostas depois da estreia, Glass credita seu elenco fenomenal por capturar o roteiro singular que ela escreveu com Weronika Tofilska. Gesticulando para o grupo ao lado dela, a diretora diz: “Todo mundo aqui também se arriscou… quero dizer, estou feliz que vocês gostaram de fazer algumas coisas ridículas. Eu simplesmente sabia que [o filme] tinha que ser baseado em performances que parecessem muito reais, vividas e que equilibrassem a loucura. Todo mundo simplesmente concordou e nunca olhou para mim, tipo, “Ehhhhhh, é sério?”, o que foi agradável.”

“Eu não faria isso”, responde Stewart com um tom arrogante de brincadeira que é recebido com risadas. Quando questionada sobre como o elenco abordou o equilíbrio do tom, ela fica séria, respondendo: “Ouça o diretor. Sim, não é nossa responsabilidade, sabe? Devo dizer que o roteiro é totalmente diferente. Ela é uma escultora. Eu definitivamente confiei nela quando ela disse: “Entra de cabeça, enlouqueça” ou “Seja verdadeira agora”. Acho que tudo tem origem na descoberta e no amor, e de contar a si mesmo qualquer história para justificar amar algo.”

Gesticulando em direção à barriga, ela continua: “Todos nós temos esses monstrinhos horríveis aqui.” Com esse sentimento, ela se vira incisivamente para Glass com as sobrancelhas levantadas e se afasta, provocando outra rodada de risadas. Stewart continua: “Eu estava tão curiosa! Quando começamos a ensaiar e conversar sobre algumas coisas, pensei: “Rose… isso é você?” Ainda tenho muitas perguntas. Ainda estou procurando esses detalhes. Como você fez isso?”

“Com a ajuda de muitas, muitas pessoas”, Glass respondeu sorrindo.

Naturalmente, isso inclui O’Brian. Como a própria atriz competia como fisiculturista, as demandas físicas do papel não a intimidaram; na verdade, ela faz com que o intenso processo de treinamento pareça aparentemente simples. “Não foi tão difícil, principalmente porque não precisei fazer muita coisa. Não precisei mais pesar minha comida, alguém pesava pra mim. Foi incrível. Só precisava colocar no micro-ondas e comer”, diz ela. “Pedi a um treinador que escrevesse todos os meus treinos, então tudo que tive que fazer foi ir para casa e treinar. De qualquer forma, é o que eu provavelmente faria depois de gravar, só que talvez não por tanto tempo. Contrate um treinador! Caso contrário, é uma merda.”

Embora O’Brian minimize o trabalho difícil, Glass enfatiza o comprometimento da atriz. “Só vou enfatizar que obviamente estávamos fazendo uma filmagem completa, então é uma loucura que Katy treinasse três horas todos os dias além de gravar, então, muito obrigada”, diz ela, com aplausos do público repetindo seu agradecimento.

“Foi muito legal quando Oliver [Kassman], um dos produtores, veio e malhou comigo algumas vezes. Tive apoio do set também. As pessoas queriam vir treinar comigo. Uma das meninas da equipe era uma grande levantadora de peso”, acrescenta O’Brian. “Era um ambiente muito legal e apoiador, não fiz isso sozinha.”

Fonte | Tradução: Equipe Kristen Stewart Brasil