Durante a sessão de fotos para a Entertainment Weekly, Kristen Stewart, Naomi Scott, Ella Balinska e a diretora Elizabeth Banks conversaram sobre a trilha sonora do filme, que foi produzira pela estrela pop Ariana Grande. Saiba mais:

O Entertainment Weekly não gosta de colocar uma mulher contra a outra, mas temos que mencionar uma coisa: Ninguém do elenco de As Panteras consegue concordar sobre quem teve a ideia de ligar para Ariana Grande primeiro.

Kristen Stewart jura que ela sugeriu a estrela pop para a música tema do filme. Naomi Scott lembra que ela foi a primeira. E, como a boa diretora – e boa dominadora – que ela é, Elizabeth Banks insiste que Stewart, Scott, e seu marido, Max Handelman (que produziu o filme), todos sugeriram Grande ao mesmo tempo.

Independentemente de quem estiver certo (vamos deixar vocês, o público, decidir por si mesmos), o que a EW pode confirmar é que Grande absolutamente gravou várias músicas para a trilha sonora de As Panteras, incluindo Don’t Call Me Angel, que estreou com o trailer e também conta com Miley Cyrus e Lana Del Rey. Banks, que escreveu, dirigiu, e estrelou na instalação atual da franquia, tinha pensado em Grande como a colaboração ideal desde o começo (vamos voltar nisso depois) e usou Kendrick Lamar como uma inspiração para o estilo das músicas do filme.

”Eu estava obcecada com a trilha sonora de Pantera Negra,” ela explica para a EW no set da nossa sessão de fotos. ”E eu amei a ideia de um único artista, que falasse com nossos fãs, para organizar a trilha sonora. Eu pensei que Pantera Negra foi um grande modelo do que poderíamos fazer.”

A equipe na Sony estava conversando com vários artistas, mas Grande aceitou, citando seu amor pelos filmes anteriores de As Panteras. Banks acredita (”Você teria que perguntar para ela!” ela adverte) que a cantora viu uma oportunidade de experimentar mais com a sua arte, já que não seriam só suas músicas. Para a trilha sonora, Banks pediu uma mistura de influências dos anos 70 (uma década que é refletida demasiadamente no número de dança do filme) e também desenhou uma lista de mulheres ideais para Grande colaborar.

”Eu disse que adoraria que tivesse uma colaboração com a geração antiga de mulheres,” explica Banks. ”É tematicamente correto para mim ficar nos ombros das mulheres que vieram antes de nós. A colaboração com The Chaka Khan deve ser minha música favorita de todas.”

A trilha sonora, é claro, precisava de uma música principal, e em Don’t Call Me Angel, Cyrus rapidamente aceitou se juntar com Grande (”Elas são amigas,” nota Banks). Savan Kotecha, que co-escreveu e produziu a música ao lado do grande nome do pop, Max Martin, tinha a Miley na mente quando escreveu o verso da cantora.

”E então Lana [Del Rey] disse sim e tudo se juntou,” Banks disse. ”Eu não pensei que iríamos superar Independent Women – ou Destiny’s Child – mas eu sinto que fizemos a versão atual da música.”

As atrizes – versões atuais do trio de Cameron Diaz, Drew Barrymore e Lucy Liu – visitaram o set do clipe de Don’t Call Me Angel para serem fãs com propriedade. Mesmo que Scott mantenha que Stewart queria o trabalho de The Cure na trilha sonora em vez de Ariana Grande, e Stewart mantém que, de fato, ela sugeriu Ariana Grande.

”Eu não pensei que conseguiríamos que The Cure fizesse nossa trilha sonora,” Stewart insiste. ”Eu só pensei que seria legal se cada personagem tivesse uma vibe diferente – e que seria legal ter algum Rock & Roll no filme. Algumas crianças punk e emo de Valley literalmente ficariam tipo SIM! Mas eu fui literalmente a primeira pessoa a dizer que a Ariana deveria fazer a música. Ela deve ser a única artista pop que eu conheço.”

Depois de rebater com um contra argumento brincalhão – ”Fui eu, não ouse!” – Scott adiciona que ela ficou impressionada com a ética de trabalho de Grande enquanto esteve no set do vídeo, notando que entre as tomadas, a cantora estava organizando as colaborações e tendo brainstorms. Ella Balinska, o terceiro membro do trio de Panteras, descreve a dinâmica entre Grande, Del Rey e Cyrus como ”duas estrelas e músicas incríveis.”

”Foi muito legal,” adiciona Banks, definitivamente.

Fonte | Tradução: Equipe Kristen Stewart Brasil