A revista Entertainment Weekly divulgou as primeiras fotos de Underwater e a Kristen falou um pouco sobre sua personagem e o enredo do filme. Confira:

 FILMES > UNDERWATER > FOTOS OFICIAIS > STILLS

Logo após sua próxima estreia como uma das Panteras, os espectadores podem ver Kristen Stewart não no céu, mas nas profundezas. A atriz protagoniza o próximo thriller de ação “Underwater“, de William Eubank (estreia 10 de Jan.), como uma cientista do grupo que fica preso debaixo d’água após um terremoto devastador. Nós perguntamos a Stewart sobre o mergulho.

Como você descreveria o filme?
É uma meditação muito sombria e assustadora sobre o isolamento. Basicamente, é como um filme de sobrevivência sobre um grupo de pessoas que não se conhecem e as estranhas conversas existenciais que se seguem, e as estranhas relações sendo formadas muito rapidamente. A história subjacente de [interromper] algo que realmente deveria ser deixado em seu estado natural, e o que você pode descobrir – é isso que o mantém assustador.

O que te atraiu sobre a sua personagem Norah?
Eu tenho um sentimento de proteção real por essa personagem e como eles a escreveram. Há essa natureza frágil que essa garota tem e você nunca sabe o porquê. Informações sobre ela são filtradas durante os eventos realmente traumáticos. É aí que você começa a se conhecer e as partes mais profundas de si mesmo saem.

Você terminou a produção há mais de dois anos. Como você está se sentindo agora que finalmente está chegando aos cinemas?
Estou muito feliz. Eu nunca fiz um filme dessa escala. Não foi um filme fácil de fazer, realmente longo, úmido, frio e fodidamente difícil. Quero ver como todos nos relacionamos em circunstâncias tão precárias. Realmente traz as melhores e piores partes das pessoas.

Quais foram os maiores desafios das filmagens?
Os trajes eram realmente pesados, honestamente. Nós não conseguíamos nos mover. Eu realmente não gosto de ser pressionada. Eu não gosto de espaços confinados, não sou uma nadadora muito boa. A razão que, tipo, imensos caras mal-humorados que tipicamente fazem filmes de ação fazem eles é porque eles são realmente muito duros e assustadores. Eu acho que nenhum de nós no filme – exceto talvez por Vincent [Cassel], que é como uma banshe selvagem – realmente sabíamos no que estávamos nos metendo. E é por isso que há alguma comédia no filme de vez em quando; nas situações mais terríveis você meio que ri, [como em] um funeral. Esse foi a sensação ao fazer o filme também, como se estivéssemos todos morrendo!

Fonte | Tradução: Equipe Kristen Stewart Brasil