Kristen Stewart compareceu ao Met Gala deste ano, que tinha como tema o Camp, com um novo visual: a atriz estava com o cabelo neon e sobrancelhas descoloridas! O cabeleireiro Adir Abergel e a maquiadora Jillian Dempsey contam para o The Cut como o look foi construído em uma nova entrevista:

O look de Kristen Stewart para o Met Gala 2019 foi inspirado por David Bowie e um vidro de esmalte.

”Ela imediatamente fez referência ao filme The Man Who Fell to Earth como sua inspiração,” disse o cabeleireiro Adir Abergel, diretor criativo do Virtue Labs. ”Eu disse ‘100 por cento.’”

Quando você olha para as fotos de Bowie no filme, seu cabelo é vermelho, sem dúvidas, mas especificamente um vermelho ruivo. Por outro lado, o de Stewart na noite passada, era vermelho neon, e é aí que o esmalte entra.

”Queríamos prestar homenagem a Karl Lagerfeld, o que foi da onde tiramos a ideia da cor,” explica Abergel. ”Mas eu também queria adicionar uma vibe galã dos anos 90, então dividimos no meio e bagunçamos um pouco.”

O vermelho em questão é o Arancio Vibrante da Chanel, um laranja brilhante que, sim, brilhou nas pontas do cabelo descolorido por Daniel Moon, que descoloriu somente as mechas de cima, e então pintou de vermelho nas pontas, a cor ficando mais próxima da raiz conforme ia para trás da cabeça.

”Combinamos os vermelhos no FaceTime,” Abergel riu. ”O Daniel fez somente duas tentativas, o que é muito incrível.”

Abergel usou o defrizante a Virtue pelas pontas de Stewart para a separação, enquanto a manicure Ashlie Johnson usou o tom do esmalte em suas unhas. A maquiadora Jillian Dempsey descoloriu as sobrancelhas de Stewart, o que foi novidade para a atriz.

”Eu fiquei muito animada de tirar a virgindade delas,” entusiasmou-se Dempsey. ”Eu originalmente queria destacá-las com uma cor branca, mas eu removi o descolorante antes do tempo e estava nesta cor legal de banana. Ao invés de diminuir o tom, eu as deixei cruas.”

Dempsey enfatizou ainda mais as sobrancelhas com um lápis branco, então pintou suas pálpebras com sombras Tile Red e Bronze Taupe da Chanel Les 4 Ombres em Blurry Mauve, finalizando com uma camada de rímel Inimitable em Noir. Os lábios ficaram nude com o Rouge Coco Flash da Chanel em Chicness.

”Foi um dos nossos momentos no-limite-do-look,” explica Dempsey. ”Eu segurei um fúcsia na frente de sua boa somente para ver, então um vermelho, e então ficamos tipo, ‘Ah, não, precisa ser nude.’”

Um vermelho teria sido demais, até para o camp – um termo que apareceu primeiramente na peça de 1671, The Importance of Scapin, de Moliere, bem na hora em que um personagem diz, ”Use um visual feroz. Ande como um rei do drama.” O visual de Stewart pode não ter sido feroz, mas certamente tinha drama.

”Kristen é um Bowie dos dias atuais, para mim,” diz Abergel. ”Ela sempre brincou com o gênero de um jeito muito bonito, assim como ele fazia. E ela é tão destemida quanto.”

Fonte | Tradução: Equipe Kristen Stewart Brasil