Foram reveladas novas informações sobre o novo filme de Woody Allen, Café Society, estrelado por Kristen e Jesse Eisenberg. Confira abaixo:

Woody Allen não está apenas filmando sua série de TV para Amazon, mas ele está se preparando para uma provável estreia em Cannes de seu próximo filme, que também foi comprado pela Amazon (marcando seu primeiro filme em algum tempo que não será lançado pela Sony Pictures Classics). Estrelado por Jesse Eisenberg, Kristen Stewart, Steve Carell, Parker Posey, Blake Lively, Corey Stoll, Paul Schneider, e Judy Davis, foi recentemente revelado que terá o título de Cafe Society, e agora estamos recebendo novos detalhes da trama.

“Esta é uma história de amor em New York nos anos 30,” Page Six relatou no ano passado. “O filme é sobre reviver um antigo romance. Ela eventualmente casou-se com o chefe dele. Mas, conforme a paixão se reacende, eles andam em uma carruagem e saboreiam o vinho.” Agora, em uma nova entrevista com o lendário diretor de fotografia Vittorio Storaro para o CineAlta), ele acrescenta: “Este filme é sobre uma família judia que vive em Nova York. Um membro da família vai para Los Angeles para ser um agente de cinema, então a história vai e volta entre o Bronx em 1935 e Hollywood entre 1935 e 1940.

Quando perguntado sobre por que ele decidiu assumir um filme de Woody Allen, ele disse: “Normalmente a melhor colaboração, pelo menos para mim, é quando você captura um conceito muito interno do director. Torna-se um projeto de sonho para o diretor, e esse sonho se torna o seu sonho.” E acrescenta: “No início, nós deixamos muito claro o fato de que a maneira que ele estava pensando na visualização da imagem pode ser exatamente do jeito que eu já estava lendo o roteiro. Passei duas horas com Woody falando sobre a visão dele para o filme, e eu tinha me preparado com três estilos diferentes – o Bronx, Hollywood, e o retorno do personagem para Nova York, quando ele está participando de um nível social mais elevado, com jantares de smoking.”

Falando sobre a própria narração potencial de Woody Allen no filme, ele disse: “Primeiro de tudo, eu amei o fato de que este é realmente um filme de Woody Allen no sentido de que ele é o narrador. Eu reconheci sua personalidade nisso. Ele está decidindo se realmente será a sua voz fazendo a narração, e espero que sim. Com a narração, podemos ser mais livres, em alguns aspectos, ao contar a história. Com um narrador, você perde contato com a realidade, e o mundo é uma pintura, o que pode exigir algum tipo de referência visual em conexão com o período social, político, artístico do filme. Isso é algo que eu normalmente gosto. Pode me dar várias abordagens. Esse período em Hollywood é muito interessante, no sentido de que você pode ter um monte de referência a partir da fotografia, da pintura e da influência alemã na época. E entre os dois mundos, há algumas opostos, e algumas semelhanças. Eu sempre gosto desse tipo de diálogo e equilíbrio entre elementos opostos.”

Quanto aos pensamentos de Woody Allen na era digital? “No momento, parece que ele está muito feliz”, conclui Storaro.

Cafe Society será lançado ainda este ano.

Fonte | Tradução: Equipe Kristen Stewart Brasil